Exames que realizamos

Veja abaixo todos os exames realizados pela Baffi

Espécime clínico: Sangue
Preparo: Este exame necessita de 4 horas de jejum
Não ingerir medicamentos com folato imediatamente antes da coleta. Não ingerir suplementos com biotina 3 dias antes da coleta.
Preparo: -Jejum não necessário. -Suspensão de qualquer medicamento injetável via IM 24 h antes da coleta;
-Evitar contato com inseticidas organofosforados antes do exame
Preparo: - Jejum não necessário
Espécime clínico: Sangue
Jejum não necessário.
Interferentes: Não fazer uso de bebidas alcoólicas nas 24 horas que antecedem o exame.
Espécime clínico: 5 ml de urina. (Jato médio da 1ª urina da manhã)
Urina 12h – 24 h. O paciente deverá esvaziar a bexiga ao levantar e anotar o horário de início da 1° coleta. A partir daí coletar toda a urina do dia (24h), deve ser colhido em frasco estéril Refrigerar desde o início da coleta.
OBS: seguir recomendação médica.
Interferentes: Coleta diferente do especificado, frasco inadequado.
Espécime clínico: Sangue
Jejum não necessário.
Espécime clínico: Sangue
Jejum não necessário.
Interferentes: Colinérgicos, narcóticos (morfina) e álcool produzem resultados falsamente elevados na amilase sérica.
Espécime clínico: Sangue
Até 0 a 2 anos, jejum 2 horas.
Acima de 2 anos e 1 dia, adolescentes e adultos, Jejum de 8 horas.
Interferentes: Todos os anticoagulante interferem na dosagem, assim como lipemia.
Espécime clínico: Resíduos fecais da região perianal
Coleta: de acordo com prescrição médica, pela manhã antes de defecar, se for o caso. A coleta e realizada com swab na região anal.
Interferentes: Uso local de pomadas ou talco antes da coleta, higiene anal com água e sabão.
Espécime clínico: Sangue
Jejum não necessário.
Interferentes: Amostras lipêmicas e ictéricas, o alcoolismo crônico aumente a atividade do TGO em 18 a 100%, assim como o uso de esteroides anabolizantes, cloranfenicol, clorotiazida, uso prolongado de aspirina, gentamicina, entre outras drogas, podem provocar um aumento da atividade.
Espécime clínico: Sangue
Jejum não necessário.
Interferente: Amostras lipêmicas e ictéricas, exercícios em excesso (elevada atividade muscular) elevam a atividade sérica da TGP, assim como o uso de esteróides anabolizantes, cloranfenicol, clorotiazida, uso prolongado de aspirina, gentamicina, entre outras drogas, podem provocar um aumento da atividade.
Espécime clínico: Sangue
Jejum não necessário.
Existem dois tipos de BHCG.
1º Apresenta resultado Reagente ou Não Reagente.
2º Além do resultado Reagente ou Não Reagente, após 3 dias da coleta apresenta resultado do tempo gestacional.
Obs: Anotar a data da última menstruação ou alguma informação dada pelo paciente, se faz uso de anticoncepcional.
Importante levar documento original com foto.
Para menores de idade é obrigatório a presença do responsável direto.
Espécime clínico: Sangue
Jejum não necessário.
Procedimentos para coleta de água
a) lavar as mãos com água e sabão;
b) limpar a torneira do usuário com um pedaço de gases embebido em álcool a 70%;
c) abrir a torneira e deixar escorrer a água durante 3 minutos;
d) coletar a amostra de água (ao retirar tampa do frasco ela não pode ter contato com local contaminado) (caso a coleta seja em uma torneira evitar o contato do frasco com a mesma)
e) encher com pelo menos ¾ de seu volume, em frascos com linha limite respeita-la.
f) tampar o frasco Identificá-lo, anotando ponto da coleta, a hora e nº da amostra correspondente ao ponto de coleta;
g) preencher a ficha de identificação da amostra de água; que deve conter:
Nome do cliente;
Endereço;
Nº de telefone;
Origem da água;
Ponto da coleta;
Data e hora da coleta;
Nº da amostra no canto superior.
identificação de coleta assistida ou não.
h) colocar o frasco da amostra em caixa refrigerada;
l) O tempo de coleta e a realização do exame não devem exceder 48 horas;
Espécime clínico: Sangue
Jejum não necessário.
Interferentes: Coleta com citrato, oxalato, fluoreto ou EDTA fornecem resultados falsamente diminuídos, evitar exceder tempo de uma hora entre a coleta e centrifugação, exercício físico aumente o valor do cálcio em 3 - 5 %, a concentração diminui cerca de 10% na gravidez, estão ligeiramente diminuídos no alcoolismo crônico e ligeiramente diminuído após hemodiálise, hemólise deve ser evitada.
Espécime clínico: Urina 24h ou conforme solicitação médica.
Coleta: O paciente deverá esvaziar a bexiga ao levantar e anotar o horário de início da 1° coleta. A partir daí coletar toda a urina do dia (24h), deve ser colhido em frasco estéril Refrigerar desde o início da coleta.
Interferentes: Coleta diferente do especificado, frasco inadequado.
Espécime clínico: Sangue
Até 0 a 2 anos, jejum 2 horas.
Acima de 2 anos e 1 dia a 6 anos, Jejum de 8h.
Acima de 6 anos e 1 dia, adolescentes e adulto, jejum de 12 horas.
Coleta: É permitida a ingestão de água e medicamentos de uso contínuo (avisar ao laboratório). Só o médico pode suspender medicações.
Interferentes: Não fazer uso de bebidas alcoólicas 24 horas antes do exame, evitar mudança de postura durante a coleta.
Espécime clínico: Urina de 24h.
O paciente deverá esvaziar a bexiga ao levantar e anotar o horário de início da 1° coleta. A partir daí coletar toda a urina do dia (24h), deve ser colhido em frasco estéril refrigerar desde o início da coleta, necessário peso e altura, deve ser colhido sangue quando for entregue a urina.
Jejum não necessário.
Espécime clínico: Sangue
Até 0 a 2 anos, jejum 2 horas.
Acima de 2 anos e 1 dia, adolescentes e adultos, Jejum de 8 horas.
Espécime clínico: Sangue
De zero a 6 anos, jejum não necessário.
Acima de 6 anos e 1 dia, adolescentes e adultos, Jejum de 4 horas.
Espécime clínico: sangue
De zero a 6 anos, jejum não necessário.
Acima de 6 anos e 1 dia, adolescentes e adultos, Jejum de 4 horas.
Espécime clínico: sangue
De zero a 6 anos, jejum não necessário.
Acima de 6 anos e 1 dia, adolescentes e adultos, Jejum de 4 horas.
Espécime clinico: sangue
De zero a 6 anos, jejum não necessário.
Acima de 6 anos e 1 dia, adolescentes e adultos, Jejum de 4 horas.
Espécime clínico: sangue
Jejum não necessário.
Espécime clínico: sangue
Jejum não necessário.
Interferente: Injeções intramusculares podem aumentar em até 5 vezes a atividades da creatina quinase
Exercícios físicos podem aumentar os valores de 3 a 24 vezes dependendo do tempo de exercício, havendo regressão dos valores 24 horas após, este aumento é menos significativo em indivíduos bem condicionados fisicamente.
Na gravidez ocorre a diminuição significativa da atividade entre a oitava e vigésima semana
Uso de garrote prolongado pode produzir resultados falsamente elevados.
Soro Hemolisado não deve ser utilizado.
Espécime clínico: fezes
Frasco estéril comum.
Espécime clínico: Sangue ou urina de 24hs
Ou Urina de 24 hs. O paciente deverá esvaziar a bexiga ao levantar e anotar o horário de início da 1° coleta. A partir daí coletar toda a urina do dia (24h), deve ser colhido em frasco estéril Refrigerar desde o início da coleta.
interferentes: Amostras centrifuga com período superior a 1 hora pode interferir na análise.
Jejum não necessário.
Espécime clínico: fezes
Frasco estéril comum.
Coleta: As fezes devem ser coletadas no início da diarreia em frasco estéril sem conservante e enviadas ao laboratório imediatamente. De preferência, o paciente não deve ter iniciado o uso de antimicrobianos. Devem ser colhidas e levadas imediatamente ao laboratório.
Interferentes: A administração de antimicrobianos não impede a realização da cultura, mas, em algumas situações, pode interferir no resultado.
Prazo de entrega: 20 dias úteis
Instruções:
Participantes: SUPOSTO PAI, MÃE (necessária participação da mãe caso o filho for menor de idade e não esteja registrado pelo suposto pai) e FILHO.
Participantes: SUPOSTO PAI e SUPOSTO FILHO (caso o filho menor de idade já esteja registrado pelo suposto pai)
Documentos necessários: IDENTIDADE E CPF PARA MAIORES DE IDADE, CERTIDÃO DE NASCIMENTO PARA MENOR DE IDADE. TODOS DOCUMENTOS ORIGINAIS E 1 CÓPIA.
Realização: Mediante agendamento pelos telefones 2247-6481 / 2247-6866
Endereço do local de realização: Rua Monsenhor Bacelar 154, Centro, Petrópolis. Ref: Rua que sobe o relógio das flores.
Espécime clínico: Sangue
Preparo: Este exame não necessita de jejum. Para a coleta deste exame, o cliente não deve ter recebido transfusão de sangue nos últimos 3 meses.
Preparo: Este exame não necessita de jejum.
Espécime clínico: Sangue
Tempo de jejum: Jejum obrigatório de 8 horas
Espécime clínico: Sangue
Preparo: Jejum não obrigatório. Suspender o uso de suplementos com biotina 72 horas antes da coleta. Não realizar exames com contraste radiológico 72 horas antes da coleta. Se já realizou exames com contraste, aguardar 72 horas para a coleta desse exame.
Instruções
Para mulheres: a coleta do sangue deve preferencialmente ser realizada entre o 2º e o 5º dia do ciclo menstrual, ou conforme orientação médica.
Pacientes que estejam em uso de suplementação de biotina devem suspender o uso pelo menos 48h antes da coleta. Tempos superiores a esse podem ser necessários, dependendo da dose da suplementação, características clínicas do paciente e suscetibilidade do ensaio.
Espécime clínico: Sangue
Jejum necessário de 8 horas; - Informar se a paciente está grávida e tempo de gestação
Espécime clínico: Sangue
Jejum de 4 horas
Coleta: Realizar a coleta preferencialmente pela manhã em jejum. Lavar várias vezes a boca com água e utilizando recipiente estéril, de boca larga, inspirar profundamente e tossir várias vezes até obter o volume suficiente de material de dentro do peito. Enviar rapidamente ao laboratório.
Frasco estéril.
Interferentes: Coleta em frasco inadequado, amostra insuficiente ou pobre em material.
Coleta: Poderá ser realizada no laboratório ou na residência do cliente. O exame deve ser agendado na unidade matriz.
É necessário que o paciente esteja em abstinência sexual de 3 a 5 dias, ou conforme orientação médica.
Realizar higiene das mãos e do pênis. O material deve ser coletado por masturbação em frasco estéreo, de plástico, fornecido pelo laboratório ou comprado em farmácia. Para amostras coletadas na residência do cliente deverão ser entregues em até 1 h, ao laboratório em temperatura ambiente.
Interferentes: Coleta sem abstinência sexual no período solicitado, contaminação.
Espécime clínico: Urina
Coleta: Realizar assepsia na genitália utilizando água e sabão, evitar o uso de antissépticos. Colher a 1ª urina da manhã, desprezar o primeiro jato e coletar o segundo. Entregar o material até duas horas após a coleta (temperatura ambiente). Se passar de duas horas, manter o material refrigerado de 2º a 8º até a entrega no laboratório (máximo mais duas horas).
Utilizar frasco próprio de boca larga, de preferência frasco estéril.
Interferentes: Amostra contaminada, insuficiente em frasco inadequado.
Nota: Amostras coletadas de forma inadequada poderão ser rejeitadas pela recepcionista e pelo colhedor.
Espécime clínico: sangue
Até 0 a 2 anos, jejum não necessário.
Acima de 2 anos e 1 dia, adolescentes e adultos, Jejum de 2 horas.
Espécime clínico: sangue
Preparo: Este exame não necessita de jejum. Informar medicamentos em uso. Suspender suplementos e medicamentos com biotina, 72 horas antes da coleta. Não realizar exames com contraste radiológico, 72 horas antes da coleta. Caso já tenha realizado exames com contraste, aguardar 72 horas para a coleta deste exame
Espécime clínico: sangue
Comentários: Avaliação das anemias hipocrômicas, microcíticas e ferroprivas. Deve sempre ser acompanhado de dosagem como siderofilina, índice de saturação, ferritina.
Até 0 a 2 anos, jejum 2 horas.
Acima de 2 anos e 1 dia, adolescentes e adultos, Jejum de 12 horas.
Interferentes: Idade, sexo, período de gestação, uso de contraceptivos orais e estrogênio alteram as concentrações de ferro. Coletas realizadas fora do período da manhã podem reduzir em até 30% os valores do ferro sérico, amostras hemolisadas devem ser evitadas.
Espécime clínico: sangue
Até 0 a 2 anos, jejum 2 horas.
Acima de 2 anos e 1 dia, adolescentes e adultos, Jejum de 8 a 12 horas.
Espécime clínico: Sangue
Até 0 a 2 anos, jejum 2 horas.
Acima de 2 anos e 1 dia, adolescentes e adultos, Jejum de 8 horas.
Espécime clínico: urina
5 ml de urina. (Jato médio da 1ª urina da manhã)
Urina 12h – 24h. Urina de 24 hs. O paciente deverá esvaziar a bexiga ao levantar e anotar o horário de início da 1° coleta. A partir daí coletar toda a urina do dia (24h), deve ser colhido em frasco estéril Refrigerar desde o início da coleta.
OBS: seguir recomendação médica.
Interferentes: Coleta diferente do especificado, frasco inadequado.
Espécime clínico: sangue
Interferentes: Amostra hemolisada deve ser evitada.
Jejum não necessário.
Armazenamento e transporte: Manter refrigerado entre 2° e 8° C.
Espécime clínico: sangue
Jejum não necessário.
Interferentes: Amostras hemolisadas, coletadas em tubo inadequado, amostra insuficiente.
Espécime clínico: sangue
Até 0 a 2 anos, jejum 2 horas.
Acima de 2 anos e 1 dia, adolescentes e adultos, Jejum de 8 horas.
Interferentes: A atividade pode ser até 25% menor nas fazes iniciais da gravidez, pode ser elevada em casos de obesidade, indivíduos fumantes.
A ingestão de bebidas alcoólicas pode elevar os níveis por 24 a 48 horas após a ingestão, assim como o uso de drogas anticonvulsivantes e pacientes diabéticos e em tratamento com heparina.
Espécime clínico: sangue
Até 0 a 2 anos, jejum 2 horas.
Acima de 2 anos e 1 dia, adolescentes e adultos, Jejum de 8 horas.
Interferentes: Uso de ácido ascórbico (Cebion, Energil C, Redoxon, dentre outros). O paciente deve ser aconselhados a interromper seu uso por 24 horas antes da realização do exame, o uso de álcool assim como jejum prolongado, obesos com dietas com baixo valor calórico, podem ter os valores da glicemia diminuídos consideravelmente, fumo no dia do teste deve ser evitado.
Espécime clínico: sangue
Até 0 a 2 anos, jejum 2 horas.
Acima de 2 anos e 1 dia, adolescentes e adultos, Jejum de 8 horas.
Interferentes: Uso de ácido ascórbico (Cebion, Energil C, Redoxon, dentre outros). O paciente deve ser aconselhado a interromper seu uso por 24 horas antes da realização do exame. O uso de álcool assim como jejum prolongado, obesos com dietas com baixo valor calórico, podem ter os valores da glicemia diminuídos consideravelmente, fumo no dia do teste deve ser evitado.
Espécime clínico: sangue total
Até 0 a 2 anos, jejum não necessário.
Acima de 2 anos e 1, adolescentes e adultos, Jejum de 2 horas.
Interferentes: Amostras hemolisadas, coletadas em tubo inadequado, amostra insuficiente.
Espécime clínico: sangue total
Até 0 a 2 anos, jejum não necessário.
Acima de 2 anos e 1, adolescentes e adultos, Jejum de 2 horas.
Espécime clínico: sangue total com EDTA.
Até 0 a 2 anos, jejum não necessário.
Acima de 2 anos e 1, adolescentes e adultos, Jejum de 2 horas.
Espécime clinico: sangue
Coleta: Fazer assepsia rigorosa no local da punção com álcool 70% ou iodado e enviar imediatamente a amostra ao laboratório incubar em estufa a 37 anotando horário da coleta, dia e temperatura axilar do paciente. Quando são solicitadas 3 amostras, anotar 1, 2,3 amostra e coletar nos tempos ou ocasiões determinados pelo médico assistente.
As hemoculturas devem ser colhidas antes da instituição da antibioticoterapia e antes das refeições. Deve-se evitar, ao máximo, contaminação exógena, pela adequada assepsia da pele.. Para evitar dificuldades, como essa, recomenda-se a colheita de 2 amostras de sangue, sendo que a segunda deve ser colhida de 90 a 180 minutos depois. Como uma regra geral para
hemocultura de paciente adulto pode estabelecer:
1. Em casos de graves septicemias , devem ser feitas 2 colheitas de 5 mL imediatamente antes de começar o tratamento, uma em cada braço;
2. Em casos de suspeita de endocardite bacteriana subaguda ou infecção intravascular devem ser colhidas 3 amostras de 5mL nas primeiras 24 horas;
3. Para pacientes suspeitos de bacteremia de origem desconhecida e já sob tratamento e se o tratamento não puder ser suspenso por alguns dias devem ser colhidas 4 a 6 hemoculturas nas primeiras 48 horas. O volume do sangue a ser colhido, no caso de crianças pequenas de 1 a 2 mL são suficientes, colhidos em 2 vezes.
4. Aplicamos um torniquete no braço do paciente e palpamos as veias , escolhendo uma que seja de bom calibre (se possível). É importante que passe a gaze ou algodão no movimento único, voltando ao ponto inicial. Com a gaze ou algodão estéril , faz-se a assepsia com álcool a 70%.Devemos usar seringa estéril e seca .
Interferentes: Antibioticoterapia prévia, coleta inadequada e/ou contaminação.
Espécime clínico: sangue
Jejum não necessário
Espécime clínico: sangue
Jejum não necessário
Espécime clínico: sangue ou líquido sinovial
Até 0 a 2 anos, jejum 2 horas.
Acima de 2 anos e 1 dia, adolescentes e adultos, Jejum de 8 horas.
Interferentes: os anticoagulantes interferem na dosagem, assim como lipemia.
Espécime clínico: sangue
Até 0 a 2 anos, jejum 2 horas.
Acima de 2 anos e 1 dia, adolescentes e adultos, Jejum de 8 horas.

O que é o exame de intolerância à lactose?

O teste de intolerância à lactose é indicado para avaliar a capacidade do intestino em absorver e processar a lactose dos alimentos. A realização pode ser indicada quando há suspeitas devido, sobretudo, à sintomas gastrointestinais e, rapidamente, o diagnóstico pode ser confirmado.
A lactose é responsável pelo sabor adocicado dos lácteos, por isso, também é chamada de açúcar ou glicose do leite.
Assim, o exame tradicional consiste na coleta de sangue do paciente em jejum, verificando os níveis glicêmicos.
Após a punção (retirada de sangue) em jejum, realiza-se a administração de uma quantidade determinada de lactose líquida e se faz novamente após 30 e 60 minutos, a fim de medir a taxa de glicose sanguínea.
Sintomas após o exame (efeitos colaterais)
Após realizar a ingestão da lactose necessária para o exame, o paciente pode apresentar os sintomas comuns à intolerância, entre eles:
  • Diarreia ou constipação;
  • Flatulência;
  • Estufamento;
  • Refluxo;
  • Vômitos;
  • Sensação de má digestão;
  • Dor de cabeça;
  • Fraqueza;
  • Inchaço abdominal.
Porém, a tendência é que rapidamente os sinais desapareçam e o quadro se estabilize.
Preparo:
a- Coletar a amostra de sangue em jejum;
b- Providenciar para que o paciente faça a ingestão da solução de lactose em prazo de até 5 minutos;
c- Passados 30 minutos da ingestão, coletar nova amostra de sangue;
d- Passando 60 minutos da ingestão, coletar nova amostra de sangue;
Interferentes: Caso o paciente apresente sinais de alteração como diarreia, irritação ou dores abdominais, estes devem ser reportados no laudo ao médico. A ocorrência de vômitos após a ingestão da solução de lactose implica na suspensão da prova.
Espécime clínico: sangue
Jejum não necessário.
Espécime clínico: sangue
Até 0 a 2 anos, jejum 2 horas.
Acima de 2 anos e 1 dia a 6, Jejum de 8h.
Acima de 6 anos e 1 dia, adolescentes e adulto, jejum de 12 horas.
Interferentes: Não fazer uso de bebidas alcoólicas 24 horas antes do exame, evitar mudança de postura durante a coleta.
Espécime clínico: sangue
Jejum não necessário. Colher a amostra 12 horas após a ingestão do medicamento ou por indicação médica.
Espécime clínico: soro ou urina
Urina de 24hs. O paciente deverá esvaziar a bexiga ao levantar e anotar o horário de início da 1° coleta. A partir daí coletar toda a urina do dia (24h), deve ser colhido em frasco estéril e deve-se refrigerar desde o início da coleta
Jejum não necessário.
Mnemônico: CFU e PFU ou de acordo com indicação médica
Coleta: O paciente não pode estar em uso de qualquer tipo de cremes ou pomadas pelo menos três dias sem utilizar. O local de onde vai colher as amostras devem ser limpos primeiro com gaze com álcool á 70%, ou em caso de ferimentos abertos utilizar soro para eliminar contaminantes bacterianos superficiais.
Interferentes: Uso de pomadas nos três dias que antecedem a coleta ou de acordo com indicação médica.
Espécime clínico: swab anal
Interferentes: Uso local de pomadas ou talco antes da coleta, higiene anal com água e sabão.
Espécime clínico: fezes
Um dos passos mais importantes no diagnóstico das parasitoses intestinais é a coleta adequada de amostras. Amostras frescas são obrigatórias para a recuperação de trofozoítas móveis. Contudo, a amostra só tem o valor diagnóstico devido se as instruções de coleta forem seguidas de forma rigorosa.
Instruções de coleta:
Defecar em um recipiente de boca larga ou sobre um papel limpo.
Usando uma pazinha, coletar uma porção pastosa das fezes do tamanho de uma noz e colocá-la no frasco próprio (indicado pelo laboratório).
Interferentes: Tomar cuidado para não contaminar as fezes com urina ou com água do vaso sanitário coleta em frasco inadequado.
Espécime clínico: fezes
- Antes de coletar as fezes, se necessário, urinar no vaso sanitário
para evitar a contaminação do material.
- Evitar o uso de antiácidos, laxantes e de contraste oral (utilizado
em exames radiológicos) no mínimo 72 horas antes da coleta das fezes
ou conforme orientação médica.
- Defecar em vasilhame limpo e seco.
- Dissolver e homogeneizar (misturar bem) as fezes coletadas no
líquido conservante para que as mesmas fiquem totalmente cobertas pelo
MIF.
- O número de amostras de fezes a serem coletadas e a periodicidade
depende da orientação médica. Se não houver orientação médica, coletar
pelo menos 03 amostras de fezes recentemente emitidas em dias
diferentes (consecutivos ou alternados). Informar ao laboratório o
número de amostras colhidas, no momento da entrega do material.
- Colocar todas as amostras de fezes dentro do mesmo frasco contendo
MIF.
- Caso seja visualizado algum parasita, coletá-lo informando o achado
ao atendente no momento da entrega do material para o adequado
processamento da amostra.
- Não é necessário colocar na geladeira pois o líquido é conservante.
- O recipiente contendo o conservante deve ficar em pé dentro da
sacola ao ser transportado. Cuidado para não pressionar o frasco, pois
o material poderá vazar.
- Não pode ser ingerido e deve ser mantido longe do alcance das
crianças.
Tempo de entrega: Após a primeira coleta até a última, o cliente deverá trazer para o laboratório até no máximo 10 dias.
Interferentes. Coleta em frasco sem conservante, ou em período menor que o indicado.
Espécime clínico: fezes
Se o paciente não estiver apresentando diarreia, a amostra pode ser coletada em qualquer horário. Frasco estéril comum.
Armazenamento e transporte: Conservar em geladeira até a sua entrega ao laboratório desde que não haja solicitação de pesquisa de larvas ou Baermann. Neste caso, as fezes devem ser recentes, não devem ser refrigeradas.
Interferentes. Certos medicamentos e produtos químicos podem tornar a amostra insatisfatória para a análise entre estes estão os antidiarreicos, os antibióticos, os antiácidos, os derivados de bismuto e do bário, a vaselina e os óleos minerais.
Espécime clínico: sangue
De zero a 6 anos, jejum não necessário.
Acima de 6 anos e 1 dia, adolescentes e adultos, Jejum de 4 horas.
Interferentes: os anticoagulantes interferem na dosagem, assim como lipemia.
Espécime clínico: sangue total
De zero a 6 anos, jejum não necessário.
Acima de 6 anos e 1 dia, adolescentes e adultos, Jejum de 4 horas.
Espécime clínico: sangue
Jejum não necessário.
Espécime clínico: sangue
Preparo: Jejum desejável de 4 horas.
Instruções
Para mulheres: a coleta do sangue deve preferencialmente ser realizada entre o 20º e o 24º dia do ciclo menstrual, ou conforme orientação médica.
Espécime clínico: sangue
Preparo: Jejum não obrigatório.
Instruções
Repouso de 30 minutos para quem fez exercício físico ou conforme orientação médica.
Espécime clínico: sangue
Jejum não necessário.
Mnemônico: PTU (amostra única) P24 (amostra 24hs).
Espécime clínico: urina
5 ml de urina: (Jato médio da 1ª urina da manhã)
Urina 24h: O paciente deverá esvaziar a bexiga ao levantar e anotar o horário de início da 1° coleta. A partir daí coletar toda a urina durante 24h, a coleta deve ser realizada em garrafa de água mineral sem gás.
Manter refrigerado desde o início da coleta.
OBS: seguir recomendação médica.
Interferentes: Coleta diferente do especificado, frasco inadequado.
PSA/PSL- ANTIGENO PROSTATICO ESPECIFICO
Espécime clínico: sangue
Preparo: Este exame não necessita de jejum. Não ter relações sexuais, ou ejaculação, 48 horas (2 dias) antes da coleta. Não realizar exercícios em bicicleta ou equitação nas 48 horas (2 dias) antes da coleta. Após o uso de supositórios, sondagem uretral, ou toque retal, aguardar 4 dias para a coleta. Após cistoscopia, aguardar 5 dias para coleta. Após ultrassom transretal aguardar 7 dias para a coleta. Após colonoscopia, aguardar 15 dias para a coleta. Após estudo urodinâmico, aguardar 21 dias para a coleta. Após biópsia de próstata, aguardar 30 dias para a coleta.
Espécime clínico: vacina
Jejum: não necessário
Interferentes. Uso de corticosteroides ou imunossupressores, leitura fora do prazo determinado.
Espécime clínico: sangue total com EDTA
Até 0 a 2 anos, jejum não necessário.
Acima de 2 anos e 1 dia, adolescentes e adultos, Jejum de 4 horas.
Espécime clínico: sangue ou urina
Urina de 24hs. O paciente deverá esvaziar a bexiga ao levantar e anotar o horário de início da 1° coleta. A partir daí coletar toda a urina do dia (24h), deve ser colhido em frasco estéril Refrigerar desde o início da coleta.
Até 0 a 2 anos, jejum 2 horas.
Acima de 2 anos e 1 dia, adolescentes e adultos, Jejum de 8 horas.
Espécime clínico: fezes
Não colete a amostra em caso de: Diarreia, Colite, Constipação, Diverticulite, Úlcera, Hemorroida, Período menstrual
Estes alimentos não devem ser ingeridos por um período de 72 horas antes da coleta: carne vermelha, beterraba, brócolis, couve-flor, nabo, rabanete. Assim como a ingestão de vitamina C, anti-inflamatórios, corticoides, Ácido Acetil Salicílico (AAS) e compostos de ferro
Interferentes: Dieta inadequada.
Espécime clínico: fezes
Frasco estéril comum.
Interferentes: Frasco inadequado.
Amostra entregue pelo paciente já coletado.
Interferentes: Sem abstinência sexual, usando cremes vaginais ou realizado higiene local, no dia do exame.
Armazenamento e transporte: A amostra deve ser encaminhada diretamente para o laboratório para imediata semeadura do material.
Coleta: A amostra deve ser colhida a qualquer hora do dia, explicando ao paciente que deverá vir ao laboratório com três dias de abstinência sexual, sem estar usando nenhum tipo de antibiótico e sem ter feito higiene local. O paciente deve colher uma amostra de urina, acomoda-se o paciente sem as peças íntimas na mesa de coleta. Calçado com luvas estéril e auxílio de uma pinça envolta em solução fisiológica, pedimos ao paciente que retraia o prepúcio e limpa-se o meato com uma gaze, colhe-se o material no canal da uretra com swab próprio, colhe-se outra amostra de urina. Então se observa o orifício anal se não há nenhuma fissura, hemorroidas ou algum tipo de problema que possa dificultar a coleta usa-se vaselina para a introdução do dedo indicador no ânus, faz-se uma massagem na próstata e se houver eliminação de líquido prostático colhe-o. Para finalizar o procedimento, colhe-se o terceiro jato da urina.
Interferentes: Uso de antibiótico, sem abstinência sexual, realizado higiene local no dia do exame.
Coleta: O paciente deve vir ao laboratório em jejum e sem higiene bucal. Em posição cômoda, o paciente deverá abrir a boca no máximo para a raspagem local. Usa-se swab estéril e faz-se a raspagem em ambas as amídalas e no assoalho amigdalino. Retira-se o swab, coloca-o no invólucro e encaminha para o setor de semeadura.
Interferentes: Uso de antibiótico.
Coleta: O paciente deve vir ao laboratório sem fazer higiene facial, sem estar usando colírio ou qualquer outro tipo de antibiótico por 3 dias. Em posição cômoda, o paciente deverá abrir bem os olhos para a raspagem local. Usa-se swab estéril e faz-se a raspagem em ambos os olhos com swab separados e identificados (O.E – O.D, olho Esquerdo e olho direito). Retira-se o swab, coloca-o no invólucro e encaminha para o setor de semeadura.
Interferentes: Uso de medicamentos.
Coleta: Material colhido pelo médico responsável.
Interferentes: Uso de antibiótico.
Coleta: O paciente deve vir ao laboratório para a coleta do material sem estar usando nenhum tipo de pomada antibiótica ou antibiótico oral. O técnico deve desinfetar ao redor da lesão com álcool á 70% ou soro e com os dedos fazer uma leve pressão para expulsar a secreção do orifício infectado. Com o auxílio de um swab estéril, faz-se a coleta da secreção, coloca-o em invólucro e encaminha ao setor.
Interferentes: Pomada antibiótica ou antibiótico oral.
Informações adicionais:
- Resultado em 15 dias.
- Esse exame necessita de marcação prévia no WhatsApp: (24) 98857-0016
- Esse exame é colhido apenas em nossa central: Rua Monsenhor Bacelar, 154 - Centro, Petrópolis- RJ
Caso a cliente necessite realizar em outra unidade, solicitar pelo WhatsApp o agendamento.

Instruções técnicas:
- A coleta apenas deve ser realizada a partir da 8ª semana completa de gestação (7 semanas e 7 dias).
- O teste apresenta 99% de acerto nos casos de idade gestacional igual ou superior a 8 semanas completas. Assim, o resultado deste exame não deve ser interpretado como definitivo, uma vez que em raros casos, pode haver uma indicação equivocada do sexo do feto.
- Em cerca de 5% dos casos pode haver resultado inconclusivo, o que está relacionado à baixa concentração do DNA fetal no plasma materno. Nesses casos, é recomendada a re
alização de um novo exame 2 a 3 semanas após a primeira coleta.
- O resultado inconclusivo não indica que existe algum problema com o feto.
- Em casos de gestação gemelar ou fertilização in vitro:
Para gêmeos univitelinos: o resultado é valido para ambos os fetos.
Para gêmeos bivitelinos: o resultado feminino é válido para ambos os fetos. Já o resultado masculino, indica que pelo menos um dos fetos é do sexo masculino.
A perda de um dos fetos pode gerar resultados falso-positivo (masculino).
- O teste não detecta gravidez, assim, se uma mulher que não estiver grávida fizer o teste, este apontará resultado feminino, pois apenas identificará a ausência de DNA masculino.
- Desordens genéticas que envolvam cromossomos sexuais e diferenciação sexual podem levar a resultados falso-positivos (masculino).
- Em caso de pacientes menores de 16 anos, o envio do termo de ciência é obrigatório. Ele deve ser preenchido pelo responsável legal e enviado juntamente com a cópia do RG da paciente e do seu responsável.
- Não coletar de pacientes que tenham recebido transfusões sanguíneas nos últimos 4 meses ou realizaram transplante de medula óssea.
Espécime clínico: sangue
Preparo: Jejum não obrigatório.
Questionário
Informar medicamentos em uso (inclusive pomadas e cremes). Informar dia e hora da última medicação.
Para mulher (informar uso de anticoncepcional).
Espécime clínico: sangue
Preparo: Jejum não obrigatório
Questionário
Informar medicamentos em uso (inclusive pomadas e cremes). Informar dia e hora da última medicação.
Para mulher (informar uso de anticoncepcional).
Espécime clínico: sangue
Até 0 a 2 anos, jejum 2 horas.
Acima de 2 anos e 1 dia a 6 anos, Jejum de 8h.
Acima de 6 anos e 1 dia, adolescentes e adultos, jejum de 12 horas..
Interferentes: Não fazer uso de bebidas alcoólicas 24 horas antes do exame.
Espécime clínico: sangue
De zero a 6 anos, jejum não necessário.
Acima de 6 anos e 1 dia, adolescentes e adultos, Jejum de 4 horas.
Interferentes: anticoagulantes/antiagregantes: clexane, heparina sódica, hirudoid, liquemine, marcoumar e marevan, AAS. Tomar nota caso o paciente faça uso, hemolise deve ser evitada.
Espécime clínico: sangue ou urina de 24h.
Urina de 24h. O paciente deverá esvaziar a bexiga ao levantar e anotar o horário de início da 1° coleta. A partir daí coletar toda a urina do dia (24h), deve ser colhido em frasco estéril Refrigerar desde o início da coleta
Até 0 a 2 anos, jejum 2 horas.
Acima de 2 anos e 1 dia, adolescentes e adultos, Jejum de 8 horas.
Armazenamento: Manter refrigerado entre 2° e 8°C
Espécime clínico: Urina
Coleta: Realizar assepsia na genitália utilizando água e sabão, evitar o uso de antissépticos. Colher a 1ª urina da manhã, desprezar o 1º jato e coletar o segundo jato. Entregar o material até duas horas após a coleta (temperatura ambiente). Se passar de duas horas, manter o material refrigerado de 2º a 8º até a entrega no laboratório (máximo mais duas horas).
Frasco estéril comum.
Interferentes: Uso de antibióticos, má higienização antes da coleta, não priorizar a primeira coleta da manhã ou em tempo inferior a 4 horas, coleta em frascos inadequados.
Nota: Amostras coletadas de forma inadequada poderão ser rejeitadas pela recepcionista e pelo colhedor.
Armazenamento e transporte: A amostra deverá ser colhida e enviada ao laboratório.
Espécime clínico: Urina
Coleta: Esvaziar a bexiga ao levantar e anotar o horário da primeira coleta. A partir desse momento, coletar toda urina emitida até o dia seguinte (24 horas), sem perder nenhuma micção. Acondicionar em frasco limpo que deverá ser mantido sob refrigeração durante toda a coleta.
Interferentes: Coleta diferente do especificado, frasco inadequado.
Espécime clínico: sangue
De zero a 6 anos, jejum não necessário.
Acima de 6 anos e 1 dia, adolescentes e adultos, Jejum de 4 horas.
Espécime clínico: sangue
Jejum não obrigatório. Exceto para pacientes portadores de hipertrigliceridemia (níveis superiores a 500 mg/dL) recomendável jejum de 12h.
Espécime clínico: sangue
Jejum não obrigatório.

Faça o download do nosso aplicativo

Disponível para: